Como aplicar a Indústria 4.0 em pequenos negócios?

Como aplicar a Indústria 4.0 em pequenos negócios?

Atualmente já é impossível deixar de falar sobre a Indústria 4.0, ela traz ao mercado novas possibilidades tecnológicas, principalmente para pequenos negócios.

Já há algum tempo o mundo passa por uma evolução que vem mudando os métodos de mão de obra, substituindo processos manuais por alternativas digitais.

Esse fenômeno conhecido como Quarta Revolução Industrial, que consiste em um conceito que lida com diversas tecnologias e tem como foco principal a melhoria de processos e produtividade com base na independência e no uso da informação.

Afinal, qual a relação de pequenos negócios com a indústria 4.0? A indústria 4.0, parece ser uma opção apenas para grandes empresas, porém, o cenário também tem impacto nos pequenos negócios que precisam se preparar para essa realidade.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) em 2018, o Brasil não se adequa entre outros países com mais destaque nas áreas da revolução, sendo elas Big Data, IoT, e inteligência artificial, aliás, apenas 5% das empresas se declaram prontas para enfrentar os obstáculos dessa revolução.

Como essa revolução industrial provocará mudanças, com o tempo causará impacto em toda cadeia produtiva, guiando todos os empresários na mesma direção evolutiva, alguns setores com maior velocidade e outros com passos mais curtos. Com isso os empreendedores de pequenas empresas ficam preocupados, mas isso não significa que seja preciso correr na direção oposta, mas, sim, permanecer conectado com os acontecimentos, por dentro do conceito, e permanecer de olho em oportunidades de mudanças.

O primeiro passo para a implantação do conceito da indústria 4.0 é por meio de um sistema de gestão com o mapeamento de todas as necessidades tecnológicas da indústria, um dos principais desafios para os pequenos empresários é, justamente, saber qual a melhor estratégia de negócio. O gestor de uma pequena ou média empresa pode começar a estudar o assunto, comparecendo a cursos ou eventos relacionados ao conceito da Indústria 4.0. Nessas ocasiões, são levantados pontos importantes e rodas de discussão com especialistas, é locais para troca de conhecimentos e experiências com outras empresas. Essa implementação pode causar um aumento da introdução de tecnologia e dispositivos inteligentes com o objetivo de automatizar processos operacionais e até mesmo estratégicos.

Benefícios de implementar a Indústria 4.0

Os benefícios só tendem a aumentar, já que essa revolução aumentará a capacidade operacional das empresas sejam elas pequenas, médias ou grandes.

Alguns pontos positivos trazidos pelas mudanças são:

  • Descentralização do trabalho;
  • Mais competitividade de mercado;
  • Geração e análise de dados em alta velocidade;
  • Integração de processos;
  • Otimização da eficácia produtiva;
  • Virtualização de informações, permitindo o rastreamento e monitoramento de todos os processos;
  • Potencialização da inovação;
  • Maior satisfação dos clientes;
  • Orientação dos serviços com softwares ligados à Internet das Coisas;
  • Reaproveitamento de recursos;
  • Mais velocidade para responder às demandas do mercado.

Por meio de um sistema de gestão eficiente, é possível dar os primeiros passos na implantação de novas tecnologias da Indústria 4.0.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.